Como o facebook ads define Renda de Usuário nas Segmentações

Como o facebook ads define Renda de Usuário nas Segmentações
5 (100%) 1 vote
Como o facebook ads define Renda de Usuário nas Segmentações

Como o facebook ads define Renda de Usuário nas Segmentações

Segmentação por classe social no Facebook Ads

O Facebook liberou, silenciosamente durante a madrugada de 02 de março de 2016, uma nova segmentação que poderá trazer melhores resultados para os anunciantes. Essa segmentação só foi possível graças a uma parceria da rede social com o Grupo Experian, que fornecerá informações sobre classe social e demografia da população brasileira.

Para os anunciantes americanos, esse recurso já estava disponível há um bom tempo, e agora poderemos testar o seu potencial e deixar a segmentação mais precisa, e consequentemente, obter melhores resultados com o Facebook Ads.

Recapitulando a história

Em meados de junho de 2015, o especialista em redes sociais Hilário Junior fez uma publicação em seu perfil de Linkedin (confira a publicação aqui) que contava de uma possível parceria entre Facebook e Serasa Experian, onde as informações demográficas e de renda da população seriam utilizadas como forma de segmentação no Facebook Ads.

Houve muita polêmica, pessoas criticando positiva e negativamente. De um lado, defensores das possibilidades que a nova segmentação poderia trazer para a plataforma de anúncios do Facebook. De outro, defensores da privacidade, criticando fortemente um suposto mau uso das informações fornecidas pelo Grupo Experian, que deveriam ser sigilosas, como nome de devedores que estão no Serasa.

Como usar a nova segmentação do Facebook Ads

No Ads Manager:

Quem já anuncia no Facebook já está familiarizado com a plataforma, que é bem simples e intuitiva. Mas para quem não conhece, é bom explicar. A definição da segmentação do público é feita no nível do conjunto de anúncios, logo após a criação da campanha:

Criação de Conjunto de Anúncios no Facebook Ads

Seguindo o fluxo de criação do conjunto de anúncios, você irá definir o público (localização e idedade), e logo abaixo, definir os interesses do público na seção “Direcionamento detalhado”:

Segmentação por classe social no FB Ads

É no Direcionamento onde você escolherá os novos formatos de segmentação com as informações da parceria entre Facebook e Experian.

No Power Editor

No Power Editor, a segmentação também está disponível, e o caminho é o mesmo. O que muda é o layout:

Conjunto de Anúncios no Power Editor

O fluxo de criação é o mesmo, e nesse momento, até o layout é igual. Não tem mistério:

Segmentação por classe social no Facebook Power Editor

Agora que já localizamos onde é possível escolher a nova segmentação, vamos ver o que está disponível para ser utilizado.

Segmentações disponíveis

Ao clicar em Direcionamento detalhado, você terá as opções “Dados demográficos” e “Comportamentos”:

Possibilidade de segmentação do Experian no Facebook Ads

  • Em “Dados demográficos”, clique em “Financeiro” e depois em “Renda”:

dados-demograficos-experian-fb-ads

Você visualizará todas as possíveis segmentações usando como base o nível de renda familiar. Repare que ao lado, aparecerá indicado que a fonte das informações para a segmentação foram fornecidos pelo Experian.

  • Em “Comportamentos”, clique em “Demográfico”, e em seguida em “Classificação do consumidor”:

Informações do Experian Serasa disponíveis no Facebook Ads

Como na possibilidade anterior, é possível ver na indicação de que o Experian foi usado como fonte para as informações da segmentação.

Categoria de Parceiros

O Facebook divulgou na tarde do dia 03/03/2016, uma breve explicação do que se trata a parceria com Experian. No artigo, eles explicam que a parceria também incluirá informações para uma opção de segmentação denominada “Categoria de Parceiros”, onde as informações do Experian sobre determinadas empresas também poderão ser utilizadas para segmentação.  O artigo pode ser conferido na íntegra aqui.

  • Para usar essa segmentação, clique em “Mais categorias”, e em seguida “Categorias do Facebook”:

Categoria de Parceiros Facebook Ads

Apesar do artigo do Facebook estar anunciando a novidade, essa última possibilidade de segmentação ainda não está totalmente funcional para os anunciantes brasileiros.

Considerações finais

O Facebook Ads sempre se destacou das demais plataformas de anúncios por seu potencial de segmentação. A plataforma já era extremamente precisa para criar segmentações, cabendo ao anunciante ter a expertise para montar uma campanha e anúncios eficientes. Agora, com essa nova possibilidade, será possível ter mais precisão na hora de segmentar um público.

Porém, é importante ter em mente que conhecer o público antes de anunciar é primordial. É muito fácil montar uma campanha no Facebook Ads, mas sem ter saber de fato se o público está dentro de uma segmentação escolhida é atirar no escuro. Consequentemente, a verba não será devidamente aproveitada.

Outro ponto a se levar em consideração é que isso é uma novidade. É importante testar, cruzar segmentações ver o que dá um resultado melhor e continuar testando. No Facebook cada caso é um caso, não existe receita de bolo.

Fonte: a4d

Comments

comments